MORRER DE RIR!! Os Vídeos MAIS Engraçados de 2015.

É muito interessante sentar e apreciar uma seleção de erros alheios e morrer de rir das dores provocadas pelas idiotices das outras pessoas. Quando adotamos a posição de espectador somos os críticos mais especializados. Burrices como estas nunca vamos cometer!

O cérebro humano está em constante estado de alerta, resolvendo teoremas e equações para orientar nossos caminhos pelo mundo. Mas, às vezes, o cérebro se cansa e desiste.

Foi isso que aconteceu com uma pessoa que resolveu deliberar a seguinte sequência: Falar ao celular enquanto pedala sua bicicleta, se equilibrando por um túnel mais escuro e estreito com um desvio de curva em sua saída. Foi muita física que não quantificou em solução. O cérebro “ditou” uma queda ao pobre infeliz!

Se não está entendendo nada do que dizemos é porque ainda não assistiu ao nosso vídeo. Veja por você mesmo as idiotices das pessoas. Reunimos aqui uma seleção para se divertir um pouco dos males dos outros.

Não sei se alguém já teve a chance de observar o comportamento de um adolescente. Além de hilária, a adolescência é uma época que não define nada. O jovem não é ainda adulto para fazer determinadas coisas, porém os próprios pais dizem às vezes que ele “já é um homem”.

Isso deixa qualquer adolescente confuso. Era um garoto ainda há pouco tempo e de repente tem que ser adulto. Como é ser adulto? Como não encontra uma resposta o adolescente começa a cometer “adolescenciatices”.

Veja esta cena do adolescente que faz o ônibus parar para um suposto embarque, enquanto tenta arrancar risos das meninas que assistem, para amarrar os cadarços. Só, que desta vez, o motorista fechou a porta em seu pé. Quanta estupidez!

Esperamos que a sessão sirva de lição para quem está assistindo e aprendendo que não se atira sofás pela janela do terceiro andar. E, quando estiver para saltar de um trampolim, nunca mude de ideia quando já está se aproximando da ponta flexível. Você vai cair, sem dúvida alguma!

Ou, quando estiver cansado e quiser sentar. Faça-o em seu próprio carro!

Já li em algum lugar que uma pessoa só compra uma moto porque gostaria de “algo poderoso” no meio das pernas. Contudo, outras atribuições devem ser consideradas. Por exemplo, se por alguma razão, a moto sair debaixo de você, só existirá seu corpo e o chão duro para amparo. Ah, e muita dor no meio do caminho!

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars Votos: 3 (3,67 em média, total de 5)
Loading...

Leave a Reply